jusbrasil.com.br
10 de Agosto de 2022
    Adicione tópicos

    O que são discriminações positivas? - Denise Cristina Mantovani Cera

    Rede de Ensino Luiz Flávio Gomes
    há 12 anos

    Também conhecidas como ações afirmativas, as discriminações positivas consistem em políticas públicas ou programas privados desenvolvidos com a finalidade de reduzir as desigualdades decorrentes de discriminações ou de uma hipossuficiência, econômica ou física, por meio da concessão de algum tipo de vantagem compensatória de tais condições.

    A adoção de discriminações positivas gera debates acerca de sua constitucionalidade e justiça. Em princípio, ações dessa natureza estão em harmonia com o objetivo fundamental da República Federativa do Brasil da redução das desigualdades sociais (princípio da igualdade material). No entanto, deve-se verificar, em cada caso, se os critérios utilizados na diferenciação são justificáveis, objetivos, razoáveis e proporcionais.

    São exemplos de discriminações positivas o sistema de cotas para pessoas deficientes, mulheres, negros, alunos carentes advindos de escolas públicas etc.

    Fonte:

    NOVELINO, Marcelo. Direito Constitucional. São Paulo: Editora Método, 2009, 3ª ed. p. 414.

    OBS: O assunto foi objeto de questionamento na prova escrita I do concurso de ingresso na carreira do Ministério Público/SP 2010

    Informações relacionadas

    Lucas dos Santos Pavione, Advogado
    Artigoshá 11 anos

    Princípios da seguridade social

    Princípio Constitucional da Igualdade

    Ana Karolina Lima, Advogado
    Artigosano passado

    Igualdade Formal x Igualdade Material

    Niuma de Fatima Costa e Silva, Estudante de Direito
    Artigoshá 4 anos

    Discriminação Positiva

    Davi Dias de Azevedo, Advogado
    Artigoshá 2 anos

    Diferenças entre Normas de eficácia plena; Normas de eficácia contida e; Normas de eficácia limitada.

    1 Comentário

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

    Muito interessante ! continuar lendo