jusbrasil.com.br
28 de Junho de 2022

Qual o conceito de tentativa imperfeita e tentativa perfeita no crime não consumado? - Daniella Parra Pedroso Yoshikawa

Rede de Ensino Luiz Flávio Gomes
há 11 anos

Nas lições da Professora Patrícia Vanzolini tentativa imperfeita - o agente não termina a execução por motivos alheios a sua vontade, por exemplo: alguém desarmar o agente.

Já a tentativa perfeita - o agente termina a execução e mesmo assim o crime não se consuma por motivos alheios a sua vontade. Não foi perfeita porque deu certo, afinal o crime não se consumou, mas foi perfeita porque se perfez todo o caminho, todos os atos de execução dos quais o agente dispunha foram realizados. Ex: tinha seis tiros, deu os seis tiros, mas a vítima foi socorrida, ou os seis tiros pegaram na parede.

Informações relacionadas

Moisés Leite Tavares, Delegado de Polícia
Artigoshá 9 anos

Tentativa Imperfeita ou Perfeita! Qual delas o nosso Código Penal adotou?

BLOG Anna Cavalcante, Advogado
Artigosano passado

[Pensar Criminalista]: Tentativa cruenta e incruenta

Rede de Ensino Luiz Flávio Gomes
Notíciashá 12 anos

Quais são as infrações penais que não admitem tentativa? - Marcelo Alonso

Francisco Dirceu Barros, Promotor de Justiça
Artigoshá 8 anos

A circunstância alheia interna

Doutor Penal, Advogado
Artigoshá 2 anos

Erro na execução X Erro sobre a pessoa.

3 Comentários

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Claro e objetivo. Parabéns! continuar lendo

Explicaçâo perfeita e de fácil entendimento! continuar lendo

cabe a substituição de pena restritiva de liberdade pela restritivas de direitos?? continuar lendo